Resenhas | Patch Adams

Patch Adams – Uma história real de amor, alegria e cura (resenha)

Publicado em: fevereiro 05, 2022 | Por: Meu Retiro

Filme: Patch Adams - O Amor É Contagioso

Gênero: Comédia / Drama

Produção: Universal Pictures | Blue Wolf Productions | Farrell/Minoff

Direção: Tom Shadyac

Sumário

“Eu te amo sem saber como, ou quando, ou de onde. Eu te amo francamente, sem complexidades ou orgulho. Eu te amo porque não conheço outro caminho a não ser esse.” – Robin Williams como Patch Adams.

Recentemente aqui na revista Meu Retiro, falamos sobre gelotogia, que é o estudo científico do riso e dos seus efeitos fisiológicos, psicológicos e terapêuticos.

Um dos fundadores da terapia do riso, prática terapêutica extraída da gelotogia, foi o médico e ativista norte-americano Hunter Doherty “Patch” Adams, cuja história de vida é a base do filme “Patch Adams – O Amor É Contagioso” (1998).

A comédia dramática estrelada por Robin Williams conta a história de Hunter Adams, que após uma tentativa de suicídio em 1969, voluntariamente se interna em um sanatório. 

patch adams

Créditos: Divulgação | Fonte: Promo

Lá, ao ter contato com outros internos, ele descobre seu desejo em ser médico para poder ajudar mais as pessoas. Com isso em mente,  ele sai do sanatório e entra na faculdade de medicina, porém seus métodos nada ortodoxos na abordagem dos pacientes causam espanto num primeiro momento.

Adams apresenta ali um atendimento mais humanizado, com tons de alegria e bom humor, o que gradualmente vai conquistando as pessoas, com exceção do reitor da faculdade, que se torna então seu contraponto e rival durante o longa.

Patch Adams – O Amor É Contagioso” é um filme divertido e emocionante, dosando a comédia com muitos momentos sensíveis e de ternura, com uma mensagem clara de compaixão e amor, mostrando como uma abordagem até então inédita revolucionou a forma como muitos encaram a medicina e o cuidado com o próximo.

Assista ao trailer do filme a seguir:

O Verdadeiro Patch Adams

Como falamos acima, o filme é baseado na história do médico Hunter Doherty “Patch” Adams, mas claro, com muitas adaptações e licenças poéticas.

Mas isso não é um problema, nem mesmo para o protagonista. Sobre essas adaptações, o próprio Dr. Adams, em entrevista para a CNN americana declarou:

“Bem, acho que entendi Hollywood o suficiente quando topei este contrato, sabendo que o importante não era fazer minha biografia correta.

Isso não é o que importa. Quer dizer, esse é o foco da ideia das pessoas. O que nos interessa é o foco da ideia”.

E realmente, o que mais importa no filme não é o quanto ele é fiel à história real do Dr Adams, mas sim sobre sua mensagem.

Tanto o Adams do filme, quanto o real, realmente entraram na medicina após uma internação em clínica psiquiátrica, a fim de poder ajudar os demais pacientes e enfermos em geral.

Na história real, Adams obteve seu título de Doutor em Medicina na Virginia Commonwealth University em 1971, defendendo a conexão entre meio ambiente e bem-estar, acreditando que a saúde de um indivíduo não pode ser separada da saúde da família, da comunidade e do mundo onde vive. 

Ainda em 1971, o Dr. Adams fundou o Instituto Gesundheit!, uma entidade sem fins lucrativos que promovia a saúde holística, e que funcionou como um hospital comunitário gratuito de 1971 a 1984.

Desde então, Adams segue desenvolvendo trabalhos  sob o nome de Gesundheit!, além de ações em instituições, associações e locais parceiros.

Em 2007, Adams veio ao Brasil e participou do famoso programa Roda-Viva da TV Cultura, falando sobre seu trabalho, seu ativismo, e até mesmo sobre o filme. Assista à íntegra do programa aqui:

A Mensagem De Patch Adams

“Você trata uma doença, você ganha, você perde. Você trata uma pessoa, eu garanto a você, você vai ganhar, não importa qual seja o resultado.” Robin Williams como Patch Adams

Muito do que o filme tenta nos comunicar, é exatamente o que o próprio Patch Adams defendeu, e segue defendendo: tratar o próximo, em todos os sentidos, com amor, cuidado, justiça e alegria.

A dedicação, a paixão e a coragem de Hunter Patch Adams, tanto no filme quanto na vida real, são fontes de inspiração e motivação para médicos em todo o mundo, e iniciativas importantes como os Doutores da Alegria.

Na jornada de Patch Adams fica clara a importância de estarmos bem conosco, para então podermos ajudar o próximo.

Essa busca pelo autoconhecimento e autocuidado é um dos principais norteadores do nosso trabalho aqui no Meu Retiro. Como amar ao próximo sem amar a si?

Outro ponto importante é o papel de protagonismo que a alegria deve ter em nossa vida. O quanto é importante nos divertimos, mesmo em nossas responsabilidades, deixando tudo mais leve.

O que é feito com amor e paixão, não deve ser pesado, há de ser feito sempre com um sorriso no rosto.

patch adams

Créditos: Divulgação | Fonte: Promo

Patch Adams usou a terapia do riso junto a medicina convencional para tratar seus pacientes mas, além disso, ele mesmo executava as coisas com alegria e dedicação, sentimentos que transbordavam de si para o próximo.

E mais, o tratamento humanizado que Adams aplica em seu atendimento, nada mais é do que uma postura compassiva e amorosa, que naquele momento era algo único e diferente dentro daquela comunidade, mas que é capaz de vencer qualquer tipo de resistência.

Por falar em resistência, sua postura causou contrariedade em alguns, mas Adams acreditou em sua metodologia e se permitiu ousar com uma ideia nova, se expressando de forma única e revolucionando a forma de atender e se relacionar com pacientes até os dias atuais.

Todas essas lições, vividas tanto pelo Dr. Adams real, quanto pelo personagem de Williams, os unem em um resumo tão breve quanto sublime: ambos são felizes em uma missão de amor, esperança e alegria. 

A história do dr. Adams, bem como a história do filme, são verdadeiras aulas de motivação.

Que tal então sermos “doutores da alegria” também para os nossos?

Onde Assistir Patch Adams

Patch Adams – O Amor É Contagioso” está disponível no catálogo da plataforma Star Plus, além de estar disponível para locação através do Claro Vídeo e Apple TV.

Para quem quiser saber ainda mais sobre essa história, sugerimos a leitura do livro escrito pelo próprio Patch Adams, junto a Maureen Mylander, chamado no Brasil de “A Terapia do Amor”. Foi a partir deste livro que o roteiro do filme foi desenvolvido, inclusive.

Atualmente a obra está fora de catálogo, mas pode ser encontrada para venda em cópias usadas aqui.